Curso de Meditação

curso online de

MEDITAÇÃO e TERCEIRO OLHO

Intuição, Centramento e Estado de Presença!

Curso de Meditação

Você já “tentou” meditar?

Ou talvez já conheça a prática, mas tem pouco ou nenhum resultado?

Talvez ainda até pratique, mas sua meditação fica limitada ao campo das intermináveis vozes em sua cabeça, até o ponto de você achar que é assim mesmo?

Pra entender porque isso acontece, precisamos compreender os fundamentos básicos da meditação, e separar O QUE É MEDITAÇÃO do que ela NÃO É.

E pra fazer isso, nada melhor do que alguns exemplos simples do dia a dia:

  • Você já notou como é estranho andar numa bicicleta diferente, ou dirigir um carro que não é seu, ou vestir um novo estilo de roupa? No começo parece meio desconfortável, não é mesmo? Mas com o tempo, muitas vezes até passamos a gostar da mudança!
  • Já tentou mudar um hábito e sentiu dificuldades? Ou tentou incorporar uma nova rotina mas não conseguiu? Alguns fumantes, por exemplo, dizem não saber o que fazer com suas mãos durante uma conversa se não tiverem algo pra segurar!
  • E como foi quando você saiu de um relacionamento desgastado e entrou em um novo, mais saudável e amoroso? É somente neste momento que nos perguntamos: afinal, porque motivo até agora eu me contentava com tão pouco?!

Tudo isso acontece pelo mesmo motivo: nossos parâmetros internos. Quando não temos experiência sobre um determinado assunto, nossos critérios de compreensão daquele tema ficam limitados, fazendo com que muitas vezes nos contentemos com pouco pelo simples fato de desconhecer novas possibilidades.

No campo da consciência isso não é diferente, pelo seguinte motivo:

A grande dificuldade que temos pra entender como o mundo sutil funciona está baseada em uma completa falta de referências, ou seja: nós passamos tanto tempo dentro de uma mesma estrutura que temos muita dificuldade pra conceber algo além dela.

Camadas - como uma cebola!

Curso de Meditação

Neste exato momento, enquanto você lê este texto, conversa ou assiste um vídeo, está atuando dentro uma camada de sua consciência que podemos chamar “mente analítica ou discursiva” (termos praticamente autoexplicativos). É dentro deste nível que encontramos a voz em nossa cabeça com seus constantes problemas, conflitos, histórias e comparações.

Mas esta mente analítica é apenas um nível, uma minúscula frequência dentro de uma vasta gama de camadas.

Podemos fazer uma analogia com um piano (que tem 88 teclas): a voz em nossa cabeça é apenas a primeira destas teclas – mas se você desconhece a existência das outras 87, nunca iria pensar em aprender mais! E o grande problema é que estamos a tanto tempo vivendo dentro deste mesmo espaço, que esquecemos como sair dele!

E por consequência, quando alguém busca um caminho de meditação, mas não tem a orientação correta, acredita que “vai meditar” dentro ou a partir da mente discursiva em que sempre viveu – sua única referência, o único nível que conhece – o mesmo espaço que gera toda a sua confusão interna!

Meditar é a arte de abrir-se para novos níveis e frequências de Ser, níveis estes em que funcionamos de maneira muito diferente ao da mente comum, com seus próprios sabores e características.

Por exemplo, dentro destas frequências mais elevadas, o pensamento compulsivo é quase uma agressão sonora! Isso porque nós passamos a atuar e perceber as coisas através de canais muito mais sutis e intuitivos – o que levou estes estados ampliados de consciência a serem chamados de “vazio iluminador”, “silêncio interior” ou “mente em branco” por algumas tradições. Isso não quer dizer que sua consciência, ou seja, seu observador interno vá desaparecer, mas sim, atuar de forma diferente, sem o bla bla bla a que estamos tão acostumados!

Agora você pode entender porque tantas pessoas tem dificuldades: elas desejam fazer algo que exige sair da mente linear, mas não percebem que estão “tentando” fazer isso através da mesma mente – e justamente por este motivo é que não tem resultados!

Fica claro então que meditar não é relaxar, visualizar, fazer afirmações, analisar um problema… porque tudo isso está dentro da mesma mente faladora!

Meditação é encontrar espaços de silêncio interior, transcender a novos níveis, restabelecer conexões espirituais e encontrar a grandeza de nosso Ser Interior.

Percebeu a diferença? Pensar é a casca, meditar é a clara, e na gema temos o Ser Superior!

E porque o Terceiro Olho?

Curso de Meditação

Pra atingir esta transcendência, muitas gerações de inventores espirituais deram diferentes soluções pra questão, em distintas épocas e sociedades. E pra que estas ideias gerassem frutos, nada mais natural do que dedicar muito tempo a elas. Porém, não preciso nem dizer que tempo é, hoje em dia, um artigo de luxo!

Este é justamente o grande diferencial pelo qual a meditação no terceiro olho é tão útil em nosso momento: seu método exige sim dedicar alguns minutos diários a prática (e como tudo na vida, quando mais praticamos, mais peritos nos tornamos) – mas o potencial máximo dos seus resultados será atingido quando estendemos o método às atividades corriqueiras do dia a dia, não apenas os momentos “sentado-de-olhos-fechados”!

O terceiro olho é um centro de energia que já está presente em nossa constituição psico-energética, mas como um músculo que não é utilizado, se encontra funcionando muito abaixo do seu potencial nas pessoas “normais”.

Conforme este centro se desenvolve, muitas questões comuns ao nosso ambiente interno começam gradativamente a se ajustar. Por exemplo, ao entrar em sintonia com o terceiro olho, nossa mente silencia automaticamente – e isso acontece porque esta é uma das atribuições deste centro energético: quietude e centramento. E quando esta estrutura está fortalecida, ativa-la é tão simples quanto acender o interruptor de luz da sua sala!

Desenvolver o terceiro olho também nos torna mais sensíveis energeticamente, mais intuitivos, mais presentes em nossa vida – exatamente o oposto do que ocorre quando vivemos “na mente”, voando entre passado e futuro e absorvidos pelo fluxo incessante de pensamentos inúteis. E conforme seu treinamento avança, essa nova habilidade se processa naturalmente e sem esforço.

E esta mesma PRESENÇA torna-se nossa proteção e escudo frente a influências externas.

Portanto, o propósito do curso é indicar os métodos mais eficientes para o praticante entrar cada vez mais em contato com este centro energético, desenvolve-lo através de exercícios de movimentação energética e meditação, e finalmente aprender a estender esta prática para todas as demais atividades do seu dia a dia. Isto significa que não é necessariamente praticar sentado por horas a fio que trará resultados, mas quantas das atividades comuns do seu dia você realiza em conexão com este centro de energia!

Se você quiser ter uma ideia de como o terceiro olho é um divisor de águas em nosso estado de consciência, pode ter uma experiência participando de nossas meditações no youtube.

Assiste o vídeo abaixo pra aprender um pouco mais!

>> Curso em plataforma virtual <<

>> Assista no seu ritmo <<

>> Fortaleça seu aprendizado em nossos encontros semanais <<

Comprar Agora
Curso de Meditação

Rafael Zen

Autor

Terapeuta quântico e conector de vidas passadas. Pesquisador da Consciência e Meditador. Co-sintonizador das Essências Vibracionais Bellatrix.

Expandir nossa consciência é o maior presente que podemos nos dar!