fbpx
Dicas para entrar em contato com guias e mentores espirituais

Dicas para entrar em contato com guias e mentores espirituais

Talvez você já tenha passado por uma situação em que tem uma dúvida, ou precisa tomar uma decisão, ou tem um problema sem resposta… e muitas vezes basta uma boa noite de sono, ou trocar o foco do problema, ou até passar o dia com a família, e naturalmente a resposta que buscamos chega pra nós sem esforço… Talvez você não saiba, mas é muito possível que tenha sido inspirado por guias espirituais e sequer sabe disso!

Se você está chegando aqui agora, sugiro começar pela postagem anterior sobre Guias e mentores espirituais, e sua hierarquia. Mas hoje vamos entender com estreitar nossos laços com estas consciências.

Primeiramente, todos os seres humanos tem algum nível de contato com estes seres, mesmo aqueles com evolução pequena ou envolvidos em questões puramente mundanas. O que acontece é que estas pessoas, que não procuram pelo Divino, não irão abrir espaço para fazer contato (mas é claro, apesar disso ninguém está abandonado!)

Segundo, em função das suas atitudes e obras, sua frequência é que as impede de ter um contato com a Luz Maior. E com base nisso, já conseguimos começar a entender o que precisamos fazer pra nos conectamos com estas Forças.

Um dos requisitos pra isso é ter obras aqui no mundo – e isso significa que mais do que buscar um contato deste movido por curiosidade, nós precisamos ser um canal de expressão do Divino, não importando nossa área de atuação ou profissão. Oportunidades pra levar alegria, bem estar, um sorriso pra pessoas da família, do trabalho ou mesmo desconhecidos, todos nós temos! E cultivar este modo de ser é suficiente pra fazer nossa parte!

Podemos dizer que pra conhecer um Anjo, precisamos fazer obras coerentes com eles, você concorda? O que mais motiva estas consciências é justamente isso: que cada um de nós possa ser expressão de nosso próprio Deus Interior, em qualquer lugar que estivermos.

Na sequência, vamos entender o seguinte: este nível de comunicação mental/verbal que mantemos aqui no mundo tridimensional é uma característica dos humanos, mas não é necessariamente utilizada por seres superiores! E na realidade, quando mais elevado ele estiver, menos verbalmente ele se comunica.

Isso significa que, entre outras coisas, pra manter um diálogo, uma comunhão com estas presenças, é preciso cultivar espaços de silêncio em nosso dia a dia!

Lembra do exemplo logo ali no início do texto, quando mencionei que dormir ou apenas trocar de foco permite que a resposta surja? Essa é uma forma de entender que enquanto estamos mentalmente presos a uma situação, ou tagarelando, dialogando, rotulando, julgando ou simplesmente descrevendo o mundo através de nossa mente, não existe espaço pra nada de novo possa entrar – motivo pelo qual fechamos nosso canal sem saber!

Por isso, é imprescindível fazer um trabalho de silêncio, dedicando nossa atenção menos as coisas do mundo e mais para a esfera do Espírito.

Isso não quer dizer que vamos ficar dentro de um templo fechados indefinidamente, ou meditando o dia todo!

Quer dizer sim que meditar vai ajudar a dar manutenção para este silêncio, mas devemos também fazer com que toda nossa vida seja uma expressão da quietude que cultivamos em nossa prática. E a partir dos espaços de silêncio interior é que permitimos que estas consciências se conectem conosco e nos plantem novas sementes.

Precisamos entender ainda que embora eventualmente possamos nos comunicar por palavras, o que estes seres buscam sempre nos transmitir é INSPIRAÇÃO, ou seja, as palavras são secundárias: o que importa é o impulso pra encontrarmos nossas respostas e fazer nosso próprio trabalho.

O que qualquer consciência superior busca em nós é que cada um abra seu próprio canal de comunicação com seu Deus Intimo. Mas como bons amigos, não se importam de ajudar quando questionados – apenas não lhes agrada que sejamos dependentes de ninguém! E essa independência é parte de nossa jornada de evolução individual: ela sempre vai nos levar pra dentro, pra nossas próprias verdades – mas um conselho de um irmão mais sábio, naturalmente, pode ser muito útil de vez em quando!

Por fim, vamos entender o código de ética de Guias e Anjos: eles sabem muito bem que cada um tem seu livre-arbítrio, e por isso se estamos dentro de um círculo de problemas, eles não irão dar nenhum palpite, a menos que nós peçamos por isso. Por isso é importante ASPIRAR pela intuição, orientação ou conselho destas Consciências: enquanto estamos fechados em nossa esfera mental, sem abrir a porta, eles não vão forçar a porta pra fazer qualquer comunicação.

Portanto, cultive a ASPIRAÇÃO CONTÍNUA. E talvez esse seja até o ponto numero 1 pra mantermos essa conexão funcional, porque se não manifestamos através do nosso coração o interesse de entrar em contato com nossos Guias e Mentores, se de nossa parte não existe a intenção de fazer isso, eles não se sentem convidados a ajudar! Não vamos ficar abandonados, mas perdemos oportunidades por trancar a portar por dentro.

Outra questão importante: como saber quando realmente estou sendo tocado por uma consciência superior, ou quando estou sendo enganado por uma força negativa?

Lembre do que falamos: inspiração e silêncio são fundamentais. Mas some a isso a capacidade de SENTIR a maneira com essa informação toca nosso coração.

Vamos entender isso melhor: em função da forma como fomos condicionados a operar, a humanidade aprendeu a confiar apenas naquilo que vem através da sua mente intelectual. E por conta disso, tornou-se muito fácil pra mídia e as vendar envolver as pessoas e empurrar seus produtos, já que enquanto vivemos limitados a esta esfera mental não permite espaço pra questionar IMPORTÂNCIA, RELEVÂNCIA E VERDADE. E uma das maneiras pra engolirmos tudo que o sistema nos vende é algo chamado PERSUASÃO – e esta é uma palavra muito importante!

Guias e Mentores não estão preocupados se vamos acreditar neles ou não – seu papel é apenas nos inspirar. E como tal, eles não estão preocupados em nos persuadir em algo, em nos fazer acreditar nisso ou naquilo: eles não estão nos vendendo nada! rs Estamos apenas recebendo níveis de informação que vão melhorar nossa vida, quem ganha somos apenas nós!

Com isso, vamos aprofundar mais um pouco: é muito importante reconhecer o SABOR EMOCIONAL com que esta inspiração nos chega.

Um exemplo simples é assim: se você já me conhece, conhece minha voz, a maneira como me expresso, o tema, a abordagem do texto… tudo isso mostra um pouco de como o Rafael se expressa. E mesmo sem me ver, vai ter uma noção se esta informação é legitima ou não!

Isso em termos de 3 dimensões funciona muito bem, mas quando falamos em níveis mais sutis, “ouvir uma voz do além” não é garantia de procedência! É preciso aprender a SENTIR a energia por traz da informação, a fonte, a frequência ou vibração daquela consciência que nos inspira em pensamento ou ação.

O que ocorre SEMPRE é que toda informação traz consigo o DNA daquele que a emite, por isso, a sabedoria ou conhecimento que recebemos vem permeado com a energia do Ser que a produz. E quando estamos em presença (ou comunicação) com um Ser Superior, seu poder não é reconhecido apenas em função das palavras que ele transmite, mas em função daquilo que ele É, daquilo que que SENTIMOS e que RECEBEMOS através do canal da energia e da intuição. E este é o fator definitivo pra saber se estamos sendo orientados de forma verdadeira, ou se estamos sendo enganados por um obsessor, um interesseiro, até por nossos próprios pensamentos! E se não formos bastante sábios (e espertos), é muito fácil se contaminar com bobagem!

Muitas vezes a frequência, o sabor emocional com que recebemos a informação diz mais sobre nossa decisão, e vão nos inspirar muito mais, do que um milhão de palavras entrando em nossa cabeça!

Ah sim: se você está na dúvida sobre a informação, é meio cético ou está destreinado pra reconhecer a frequência de origem, tem ainda um jeito simples de arrumar isso: PEÇA UM SINAL! Peça pro Universo te orientar – essa é uma forma de abrir um espaço pra que consigamos reconhecer a verdade sobre algo que ainda não compreendemos.

Viu com é simples? Como tudo na vida, requer algum treino e esforço, então porque não começar AGORA MESMO?

Dicas para entrar em contato com guias e mentores espirituais
Guias e mentores espirituais: quem são?

Sabe quando precisamos de algum conselho, uma orientação, ou de alguém que de alguma forma tenha mais conhecimento ou seja Read more

Dicas para entrar em contato com guias e mentores espirituais
2020 – o ano de exercitar a fé

Como aproveitar tudo o que estamos vivenciando em 2020 para nos aprimorar e crescer espiritualmente?

Dicas para entrar em contato com guias e mentores espirituais

Comente!

Rolar para cima